ofertas

quinta-feira, 16 de abril de 2015

BEM AVENTURANÇA: verdadeira felicidade!

       Olá amigos!

Hoje recebi uma mensagem muito linda e proveitosa, com o título de Reforma Íntima.

A pessoa que me enviou solicitou que eu fizesse uma reflexão sobre ela...
E fiz ... e valeu muito!

A pergunta inicial é : Você está feliz?
Se não, existe necessidade de se analisar, pois a felicidade advém do progresso espiritual e somente nós poderemos buscar esta evolução.

A reforma íntima tem que ter o desejo e a vontade de nosso coração e de nossa alma. É uma decisão individual, é pessoal e intransferível.

Porém quando sabemos que uma pessoa está passando por esta reforma íntima, PODEMOS E DEVEMOS apoiar e incentivar este outro
nunca rebaixá-lo ou recriminá-lo pelas suas fraquezas ou medos.

Neste momento é que devemos compreender e ficar ao lado daquele que está sofrendo. Devemos PARTILHAR os bens e os dons, materiais e espirituais na busca de levantar o amigo que se encontra caído...

Fala também de que para sermos felizes, devemos ir a  busca da BEM AVENTURANÇA. Isto é um estado de felicitação às pessoas que pelo seu exemplo de vida estão ligados de modo especial a Deus. 
É a verdadeira felicidade. 
É um caráter exemplar do Reino de Deus, 
um conjunto de ideais com foco no amor e na humildade.

" Toda ascensão exige esforço, adaptação e sacrifício.
Toda queda resulta em prejuízo, desencanto e recomeço".

Esta citação da mensagem é uma verdade e que somente os tolos não aguardam este resultado, 
tanto no sucesso, tal qual no tropeço.

Devemos buscar a ILUMINAÇÃO Espiritual que 
é o conhecimento sobre o Divino,  
compreender Deus e entender as Revelações Divinas 
encontradas nas Escrituras Sagradas, no Evangelho.

Extremamente importante termos COMPAIXÃO
que é a compreensão do estado emocional do outro
Combina com um desejo e vontade de aliviar o sofrimento do outro,
 bem como demonstrar especial gentileza com aquele que está sofrendo. 

Tem a ação de ajudar aquele que padece, 
compreendendo o sentimento daquele que sofre, 
porém sem invadir o seu espaço 
e sem ofende-lo em hipótese alguma,
 muitas vezes tentando 
mostrando-lhe de que é dono da verdade. 

Nenhum de nós somos donos de nada!

Compaixão é diferente de CARIDADE, 
já que esta busca conceder benefícios 
em vez de aliviar a dor e o sofrimento do outro...

 Tenha a ação de  ser um bom ouvinte, 
orientador ou simplesmente aja como irmão 
e ofereça-lhe um terno e afetuoso ABRAÇO!

Abraços são especiais, porque não se vendem...são dados!!!

Boa reflexão. 



Um comentário:

  1. Parabéns! Bem refletido e bem escrito. Jesus nos acompanhe na longa jornada na busca de nós mesmos.

    ResponderExcluir